Liga Brasileira de Free Fire

Popular em diversas partes do mundo, o Free Fire já se tornou um dos maiores jogos para celular dos últimos tempos. Com jogadores apaixonados em todos os cantos do globo, o Battle Royale mobile se tornou uma modalidade para diversos times profissionais e uma enorme porta de entrada para aqueles que sempre sonharam trabalhar e viver de jogos eletrônicos.

Hoje começamos no site da Free Fire Pro League uma nova série de reportagens nas quais contaremos um pouco da história de algumas das equipes que fazem sucesso no cenário de Free Fire mundo afora.

Para começar, vamos explorar um pouco a Illuminate Esports, o time tailandês que conquistou a sua vaga para o Mundial de Free Fire do ano passado graças ao título da Pro League de sua região. Formado por D_LONG, Ethan, Justin, Luffy e MUE_TOB, a equipe terminou o torneio disputado em solo brasileiro na terceira colocação, quase alcançando o time do Corinthians, grande campeão da última temporada.

Team Profile: Illuminate Slow Twok

Tal como por aqui, o Free Fire virou uma febre na Tailândia e por isso eles também já sediaram e continuam sediando diversos eventos importantes, como o primeiro torneio oficial do modo Contra Squad, o Streamer Showdown, que aconteceu em setembro do ano passado e foi conquistado pela seleção brasileira, representada por Level Up, Weedzao (Corinthians), UBiTa (paiN Gaming), Babi, Voltan (LOUD) e Pfonn (RED).

Conheça um pouco dos jogadores da Illuminate Esports:

D_LONG

O mais centrado dos jogadores do time e tido como o estrategista na hora dos jogos, D_LONG ficou famoso pela forma como é letal com suas armas favoritas: AK e SCAR. Seus personagens preferidos são: Andrew, Maxim e Miguel, mas nos jogos da Illuminate no competitivo é bem comum ver ele com o Wukong.

Ethan

Carinhosamente chamado de “porco” pelos tailandeses, Ethan é o mais extrovertido do grupo e o responsável por manter a tranquilidade do time na hora das quedas mais difíceis. Também um exímio jogador de SCAR e AK, ele foi um dos destaques do time no último Mundial. Seus personagens favoritos são: Hayato, Moco e Laura. Em jogos oficiais, Moco é quase sempre a escolha do jogador, que consegue cumprir muito bem o seu papel na estratégia montada pelo time.

Justin

Tímido, mas bom de Free Fire, Justin é sinônimo de missão cumprida. Suas armas favoritas são AK e MP40, sendo a última bastante utilizada por ele para destroçar seus adversários em combates mais próximos, executando muito bem a sua função de iniciador nos avanços do time tailandês. Seus personagens favoritos são: Kelly, Hayato e Moco, sendo o último, ao lado do Wukong, sua principal escolha em jogos oficiais.

Luffy

Luffy pode ser considerado o camisa 10 da formação tailandesa. O seu conhecimento de jogo e suas habilidades com armas como SCAR e AK, que também são as suas favoritas, salvaram mais de uma trocação para a Illuminate. Centrado nos objetivos, também se destacou ao longo das quedas na Arena Carioca. Hayato, Moco e Paloma são os seus personagens favoritos, mas ele sempre abusa de Moco e Wukong em jogos oficiais.

MUE_TOB

Única garota da equipe, MUE_TOB é reserva e responsável por manter a equipe sempre unida e em alto astral. Perita com AK e MP40 em mãos, ela sempre é chamada para substituir um dos garotos e consegue fazer isso muito bem, sendo uma das principais peças da equipe. Hayato, Moco e Laura são seus personagens favoritos, mas a sua escolha dentro de jogo sempre varia a depender da escolha dos outros três jogadores.

Durante o Free Fire World Series, ela começou como titular e fez uma apresentação inicial que deixou o público boquiaberto no final da primeira queda. Fora de jogo, é comum vê-la com plaquinhas do time, sempre na torcida por bons resultados.

Estrutura que faz a diferença

Um dos diferenciais da Illuminate em comparação a grande parte dos times tailandeses é a sua estrutura. Presente em diversas outras modalidades além do Free Fire, a organização acumulou uma boa experiência em relação ao trato com os atletas e como fazer um preparo consistente para os campeonatos.

Os jogadores tem acesso à academia, os melhores equipamentos para treinar e todo o conforto necessário para que se preocupem apenas com o mais importante: jogar.

Estamos em 2020 e a temporada competitiva promete ser bastante agitada no Free Fire. Entre os principais times mundo afora, a Illuminate com certeza merece os holofotes e sem sombra de dúvidas será um adversário perigoso ao longo do ano.